Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais Atual

Vila Verde explosão pirotecnia mata o sócio da empresa

 

A explosão aconteceu  num paiol quando o sócio da empresa operava um carregamento de foguetes que teve morte emediata. Ramiro Torres, vítima mortal da explosão na fábrica de pirotecnia “Piromagia”, em Ribeira do Neiva, concelho de Vila Verde.

 

image.jpeg

 Segundo o comandante interino dos Bombeiros de Vila Verde, Luís Morais, o incêndio provocou a «destruição total» do paiol em que a única vítima mortal se encontrava, tendo ainda feito com que outros dois trabalhadores sofressem o impacto da explosão, embora sem ferimentos. «Esta é uma empresa que cumpre as regras de segurança e que se adaptou muito bem à realidade do trabalho nesta área da pirotecnia, daí só haver a destruição de um paiol», referiu. No momento da explosão, estavam a trabalhar na Piromagia seis dos 17 operários da empresa.

PUB