Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais Atual

Sporting de Braga avança com queixa-crime contra Nuno Saraiva

Os Arsenalistas exigem, ainda, "uma tomada de posição pública" por parte de Bruno de Carvalho, para que "defina claramente se a instituição Sporting honra a grandeza do seu passado e dos seus valores ou se, por outro lado, se revê em suspeições torpes, insidiosas e rasteiras".

naom_59fc3d3b4ace0.jpg

 

O Sporting de Braga anunciou, em comunicado, que, não só remeteu as declarações de Nuno Saraiva sobre a “velocidade estonteante” de António Salvador em chegar à sala de imprensa do estádio de Alvalade, algo que “não acontece quando joga com Benfica ou FC Porto”, para o Conselho de Disciplina, como apresentou, ainda, “queixas-crime” em nome do clube e do seu presidente.

Na nota, os arsenalistas sublinham que “nenhuma das acusações formuladas por esta sociedade sobre factos ocorridos durante o jogo Sporting-Sporting de Braga visou ou beliscou a instituição Sporting”, pelo pede a Bruno de Carvalho que condene as declarações “absolutamente insuportáveis” de Nuno Saraiva.

“A fim do cabal esclarecimento desta questão, espera pois a Sporting de Braga SAD por uma tomada de posição pública do presidente da Sporting SAD, Bruno de Carvalho, que defina claramente se a instituição Sporting honra a grandeza do seu passado e dos seus valores ou se, por outro lado, se revê em suspeições torpes, insidiosas e rasteiras”, pode ler-se na nota.

“Por não ser este o Sporting que aprendemos a respeitar e admirar, é para a Sporting de Braga SAD fundamental que esta instituição, através da instância maior que é o seu presidente, se demarque inequivocamente do teor das afirmações produzidas pelo seu diretor de comunicação”, conclui.

PUB