Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais Atual

Serão os 18 anos os novos 15? Não há pressa para ser adulto, diz estudo

Estudo sugere que hoje em dia os adolescentes já não têm pressa para ‘abraçar’ a vida adulta e tudo o que ela traz.

naom_59c21be2af68c.jpg

 

Apesar de hoje em dia parecer que as crianças e os jovens crescem muito depressa, especialmente por tudo o que as novas tecnologias lhes põem à disposição, um estudo sugere que, na verdade, os jovens não têm pressa de se tornar adultos.

Um estudo realizado por investigadores da Universidade do Estado de San Diego e do Bryn Mawr College revela que os adolescentes de hoje em dia são menos propensos a envolver-se em atividades de adulto, como fazer sexo ou consumir álcool, do que os adolescentes das gerações anteriores.

Como reporta o site Scientific American, os investigadores descobriram ainda que desde o ano 2000, há muito menos jovens a conduzir, ter um trabalho pós-escola e namorar.

Em 1991 54% dos jovens no ensino secundário reportaram ter feito sexo pelo menos uma vez. Em 2015 esse número caiu para 41%.

Jean Twenge, professora de psicologia no estado de San Diego e principal autora deste estudo comenta: "Os nossos resultados mostram que provavelmente não é que os adolescentes de hoje sejam mais virtuosos, ou mais preguiçosos – eles simplesmente são menos propensos a fazer coisas de adultos". Ela acrescenta que, em termos de comportamentos de adultos, os jovens de 18 anos agora parecem os jovens de 15 anos do passado.

 

Publicado recentemente na revista Child Development, este estudo analisou dados de sete estudos norte-americanos feitos a nível nacional entre 1976 e 2016 e que incluíram ao todo mais de oito milhões de pessoas entre os 13 e os 19 anos de idade.

PUB