Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais Atual

Resistência celebra 25 anos nos palcos e quer continuar na estrada

O supergrupo Resistência passou este sábado por Guimaraes para comemorar os 25 anos de canções , com António Zambujo e Raquel Tavares como convidados.

IMG_1860.jpg

O grupo, que já teve outros elementos, conta hoje com Alexandre Frazão (bateria), Fernando Cunha (voz e guitarra 12 cordas), Fernando Júdice (baixo), José Salgueiro (percussões), Mário Delgado (guitarra), Miguel Ângelo (voz), Pedro Jóia (guitarra clássica), Olavo Bilac (voz) e Tim (voz e guitarra). Um deles, Pedro Jóia, justifica assim ao PÚBLICO o seu envolvimento: “Gosto imenso de tocar música sem estar muito comprometido tecnicamente. E depois há a camaradagem e a amizade, um ambiente fantástico. São canções simples, mas dá-nos imenso prazer tocá-las em cima do palco.”

 

António Zambujo e Raquel Tavares foram os grandes convidados da noite. Fernando Cunha justifica, assim, o convite: “O António é uma voz incontornável, uma carreira que há muito acompanhamos, e quisemos juntá-lo ao nosso colectivo. Quanto à Raquel, nestes anos todos pensámos em ter uma voz feminina e estivemos quase para o fazer na nossa primeira vida [hipóteses havia várias: Filipa Pais, Teresa Salgueiro e Anabela Duarte]. Mas o grupo acabou antes.” Há outras razões. Miguel Ângelo diz: “O Zambujo é um homem que canta outros autores e fazia também sentido por isso.” E Fernando Cunha acrescenta: “Desafiámos os dois para, além de cantarem connosco, também cantarem juntos.” Miguel Ângelo: “Será o Traz outro amigo também, do Zeca Afonso, que nós achámos que seria mesmo o mote certo para eles cantarem em duo.”

IMG_1864.jpg

IMG_1866.jpg

 

PUB