Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais Atual

Monstro de Barcelos em cadeia psiquiátrica

Foi alvo de surtos psicóticos e Braga não tem pessoal especializado para os tratamentos

img_757x498$2017_07_17_00_39_18_649177.jpg

 

Adelino Briote, indiciado pela morte de quatro pessoas – entre as quais uma mulher grávida – foi transferido da cadeia de Braga, onde estava em prisão preventiva desde 24 de março, para o estabelecimento prisional de Caxias, em Oeiras. O monstro de Barcelos, que matou à facada um casal de idosos e duas outras vizinhas, teve vários surtos psicóticos na cadeia de Braga e, por inexistência de pessoal especializado para o tratar, teve de ser internado na ala psiquiátrica do hospital prisional de Caxias. As vítimas do Monstro de Barcelos Fotogaleria4 Fotos As vítimas do Monstro de Barcelos Adelino Briote degolou quatro pessoas em Tamel São Veríssimo. Foto Direitos Rerservados Em Tamel S. Veríssimo, Barcelos, a freguesia tenta voltar à normalidade possível, depois de uma tragédia sem memória para a localidade. O marido de Marisa e a filha, de dez anos, não conseguiram voltar a viver na casa onde a família era feliz e estava a poucas semanas de ver nascer o bebé que acabou por ser sepultado ao colo da mãe. Quatro meses depois do bárbaro crime, a investigação da PJ de Braga está na reta final. No primeiro interrogatório judicial, Briote – que tinha sido condenado por violência doméstica sobre a ex-sogra e a filha – remeteu-se ao silêncio. Mas, antes de se entregar, ainda disse a bombeiros e elemento da GNR de Barcelos que tinha cometido os quatro homicídios, antes de ter um ataque de fúria e destruído a cozinha de casa. Monstro de Barcelos em cadeia psiquiátrica Video Monstro de Barcelos em cadeia psiquiátrica Foi alvo de surtos psicóticos e Braga não tem pessoal especializado para os tratamentos. A faca de cozinha que usou para atacar as vítimas na zona do pescoço foi recuperada em cima de um telhado. O homicida tinha deixado de tomar a medicação e encontrava-se com problemas financeiros.

PUB