Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais Atual

Mesquita Machado suspeito de gestão danosa na ligação ao estádio

Segundo o JN os crimes de prevaricação e gestão danosa em nove anos, a Câmara recebeu do clube 54 mil euros de rendas e pagou 900 mil de despesas.

image.jpeg

 O Ministério Público (MP) e a Polícia Judiciária (PJ) de Braga estão a investigar, por suspeita da prática dos crimes de prevaricação e de gestão danosa, o contrato assinado, em 2004, entre a Câmara Municipal e o Sporting Clube de Braga, para a gestão do novo estádio municipal, construído aquando do Euro 2004, numa altura em que Mesquita Machado presidia à Autarquia.

PUB