Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais Atual

Corpo de fotógrafo desaparecido encontrado na mala do carro. PJ investiga

O fotógrafo Pedro Palma estava desaparecido desde quinta-feira da semana passada. Os amigos já começaram a despedir-se. O caso está agora sob investigação da Polícia Judiciária.

naom_59a48a91ab5e5.jpg

 

corpo do fotógrafo Pedro Palma, dado como desaparecido desde quinta-feira (dia 24), foi encontrado pela Polícia Judiciária na mala do carro que o mesmo conduzia quando saiu de casa.

O Alfa Romeo estava estacionado na zona de Sintra e, segundo a notícia avançada pelo site Cascais24, o cadáver encontrava-se na bagageira da viatura e foi descoberto por peritos do Laboratório de Polícia Científica, durante as perícias feitas nas instalações da Polícia Judiciária - para onde foi rebocado.

Notícias ao Minuto tentou confirmar a informação junto da PJ, mas sem sucesso, até ao momento. Entretanto, uma fonte da GNR de Sintra confirmou à agência Lusa que o corpo foi encontrado na mala do Alfa Romeo, que se "encontrava devidamente estacionado" numa rua do bairro de São Pedro.

A localização do carro foi revelada ao destacamento de Sintra por pessoas que tinham conhecimento do desaparecimento do fotojornalista, de 58 anos.

A mesma fonte da GNR explicou que a viatura "estava fechada" e que, por indicação da PJ, foi transportada para as instalações da GNR de Alcabideche, concelho de Cascais, para a realização de "inspeção judiciária" e recolha de elementos de prova. A inspeção - adiantou a fonte - efetuou-se esta tarde, altura em que o corpo foi encontrado na bagageira.

Pedro Palma estava desaparecido desde quinta-feira passada, dia em que saiu de casa em Queijas, no concelho de Oeiras, como reportou o Notícias Ao Minuto. O alerta foi dado pela irmã no Facebook, onde garantiu ter ligado aos hospitais, mas sem informações. Além do desaparecimento, Pedro Palma publicou um vídeo enigmático no seu perfil de Facebook, depois de ter apagado todas as suas publicações. O vídeo continha apenas 10 segundos sem imagem nem som.

Apelos foram, também, feitos por Cristina Caras Lindas, antiga apresentadora de televisão e amiga do fotógrafo, que na última hora, fez uma publicação na sua página na rede social a despedir-se do seu “último amor”, partilhando algumas fotografias que terão sido tiradas na semana passada.

 

PUB