Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais Atual

Cinco anos de prisão por roubo a funcionárias de supermercado em Valença

O Tribunal de Vila do Conde condenou quatro homens a penas de prisão superiores a cinco anos pelo roubo de mais de 11 mil euros a duas funcionárias de um supermercado de Valença, ocorrido em junho de 2016.

026.jpg

 

Segundo informação hoje disponibilizada na página da Internet da Procuradoria-Geral Distrital do Porto, no mesmo processo foi ainda condenada uma mulher, mas com pena suspensa.

 

Os factos remontam a 20 de junho de 2016, pelas 10:30, quando duas funcionárias do supermercado Froiz, de Valença, saíam do estabelecimento, de automóvel, para procederem ao depósito bancário de 11.498 euros.

O tribunal considerou provado que os arguidos estudaram "minuciosamente" as rotinas das funcionárias do supermercado.

No dia dos factos, "encurralaram" com os seus veículos automóveis a viatura em que as funcionárias do hipermercado se faziam transportavam e partiram os vidros das portas da frente com pancadas das coronhas das espingardas caçadeiras que empunhavam.

Apontaram as espingardas às funcionárias, apontando-lhas, forçando-as assim a entregarem-lhes o dinheiro que transportavam.

Os arguidos foram condenados pela prática, em coautoria, de dois crimes de roubo agravado e de um crime de detenção de arma proibida.

Um dos arguidos "apanhou" cinco anos e 10 meses de prisão.

Outros três foram condenados a cinco anos e dois meses.

PUB