Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais Atual

Braga quer ser Capital Europeia da Cultura em 2027

A cidade de Braga quer ser Capital Europeia da Cultura (CEC) em 2027, estando a trabalhar a candidatura aquele título com "ambição e vontade de vencer", anunciou hoje o presidente da autarquia.

Braga-1.jpg

 

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, o objetivo, apresentado durante a inauguração das novas instalações do Arquivo Distrital de Braga e do Centro Interpretativo da Universidade do Minho, corporiza uma "visão a 10 anos" do município.

Presente na cerimónia, o ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, considerou que Braga tem "todas as condições" para ser Capital Europeia da Cultura.

"Temos uma visão a 10 anos e em 2027 queremos ser Capital Europeia da Cultura. Há um eixo que consideramos fundamental para que isso seja possível, que é o compromisso dos agentes e dos bracarenses. Todos, em conjunto, podemos trabalhar para o sucesso esta candidatura", afirmou Ricardo Rio.

O autarca garantiu que a candidatura está a ser preparada "com muita ambição e vontade de vencer", enumerando os pontos fortes que considera que o município tem.

"Há na CEC uma dimensão de programação cultural, dimensão de interação com a comunidade, formação de novos públicos e uma dimensão de regeneração urbana que são parte fundamental do projeto e que agora vamos construir, não só no espetro municipal mas na articulação com todos os parceiros: diocese, Universidade do Minho, Universidade Católica, agentes culturais locais", apontou.

Para o titular da pasta da Cultura, Braga "tem todas as condições para ser uma grande" Capital Europeia da Cultura.

"Braga é uma grande cidade europeia, muito antiga e muito importante na estrutura da Igreja em Portugal", referiu o Luís Filipe Castro Mendes.

Portugal já teve três cidades como Capital Europeia da Cultura: Lisboa (1994), Porto (2001) e Guimarães (2012).

image.aspx.jpg

 

PUB