Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais Atual

Amares esteve sem água desde o meio-dia

A vila de Amares esteve sem água desde o meio-dia até ao final da tarde deste sábado, em grande parte do concelho, devido ao rebentamento da conduta geral que abastece as freguesias centrais, estendendo-se também para a zona poente, até Rendufe e Lago.

ng8714840.JPG

 

O presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, afirmou ao JN que "o problema teve origem às quatro horas da manhã, com o rebentamento da conduta central que serve muitas freguesias do concelho".

A canalização rebentou abaixo da estação elevatória do Monte de Senhora da Paz, tendo "a maior demora sido detetar onde tinha sido o rebentamento", explicou a mesma fonte.

A situação afetou estabelecimentos comerciais e casas particulares. Madalena Pimenta, do Café Dany, situado em frente à Santa Casa da Misericórdia de Amares, contou ao JN que "estive horas sem poder servir cafés", tal como os outros comerciantes da vila e em especial restaurantes, cafés e cabeleireiros, cujos responsáveis iam telefonando para a Câmara Municipal de Amares.

usana Silva, moradora no centro da vila de Amares, referiu "ter ficado sem água desde a hora do almoço", mas conseguiu "fazer a comida porque tinha sopinha feita de véspera e grelhados. Só que houve vizinhos a ter de ir comprar comida fora".

"Só tenho a pedir desculpa aos amarenses e também aos emigrantes, mas isto são coisas que acontecem a qualquer dia e a qualquer hora", acrescentou Manuel Moreira, que não deixou de "enaltecer os funcionários camarários que aqui estão desde madrugada, bem como muitos populares, que espontaneamente deram o seu contributo para a reparação".

PUB