Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mais Atual

Selena Gomez cancela concerto em Portugal

A cantora norte-americana anunciou que vai fazer uma pausa na carreira devido a uma depressão, um efeito colateral da lúpus.

selena-gomez.jpg

A Ritmos & Blues, promotora do concerto de Selena Gomez em Portugal, anunciou que o espetáculo de 16 de novembro no MEO Arena assim como toda a digressão europeia da cantora foi cancelado. A promotora indica que os detentores de bilhete para o concerto podem solicitar o reembolso do dinheiro no local de aquisição.

Selena Gomez tinha anunciado esta terça-feira que está a passar por uma depressão e que ia fazer uma pausa na carreira. "Como muitos de vocês já sabem, há mais ou menos um ano revelei que tenho lúpus, uma doença que pode afetar as pessoas de formas diferentes. Descobri que ansiedade, ataques de pânico e depressão podem ser efeitos colaterais de lúpus", escreveu a cantora, acrescentando que neste momento quer concentrar-se na sua "saúde e felicidade".
"Decidi que a melhor forma de seguir em frente é fazer uma pausa na carreira", anunciou Selena, agradecendo todo o apoio dos fãs.
A revista People já tinha também avançado que os concertos da "The Revival Tour" agendados até ao final de 2016 não se vão realizar.
No final de 2015, em entrevista à revista Billboard, a atriz e cantora revelou que sofre de lúpus e que se submeteu em segredo a quimioterapia. Em 2013, a ex-estrela Disney, agora ícone pop, também cancelou uma digressão na Ásia e na Austrália, argumentando que precisava de estar algum tempo sozinha.

PUB

Xutos & Pontapés e Paulo de Carvalho juntos nos 40 anos da Festa do Avante!

A 40.ª Festa do Avante!, organizada pelo PCP, decorre de 02 a 04 de setembro, na Amora, Seixal, com mais seis hectares de espaço onde, entre muitos concertos, Xutos & Pontapés e Paulo de Carvalho se juntam em palco.

FESTADOAVANTE.jpg

 

Sob o lema "Mais Espaço, Mais Festa", o PCP volta a organizar o evento que reúne, durante três dias, política, cultura, desporto e solidariedade, sendo esta edição marcada pelo aumento do recinto ao terem sido anexados seis hectares da Quinta do Cabo ao tradicional espaço da Quinta da Atalaia, na Amora, concelho do Seixal, distrito de Setúbal.

Alexandre Araújo, do secretariado do Comité Central do PCP, considerou que "este ano a festa fica indelevelmente marcada por essa decisão de alargar o seu espaço, com a aquisição da Quinta do Cabo".

 

"São mais seis hectares de Festa do Avante!, não apenas para termos mais espaço, mas para termos mais festa, melhores condições para receber os muitos milhares de visitantes, para garantir novos polos de atração", explicou Alexandre Araújo na conferência de imprensa realizada no espaço onde vai decorrer a Festa do Avante .

Rúben de Carvalho, do Comité Central do PCP, destacou a "abrangência do programa" da festa "da juventude, do trabalho, do Portugal de Abril, de solidariedade", com atividades que vão desde promover livros, fazer debates, projetar cinema ou fazer espetáculos musicais, com uma "vastidão de áreas culturais e artísticas, o que é invulgar em qualquer iniciativa deste género".

"À semelhança do que tem acontecido nos últimos anos, muitos artistas têm preparado presenças especiais e espetáculos especiais para a Festa do Avante!, o que não só enriquece a festa como lhe dá um cunho de originalidade na sua programação, revelando o carinho e o interesse que a festa desperta não só junto do público, como junto dos artistas", explicou Rúben de Carvalho.

Exemplo disto mesmo foi o convite que a banda Xutos e Pontapés fizeram ao cantor Paulo de Carvalho para se juntarem em palco, concerto que está marcado para o último dia, domingo, 04 de setembro, às 21:30, no mesmo dia em que atuam Sérgio Godinho & Jorge Palma e decorre o comício com o discurso do secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa.

"É uma maneira de dar uma prenda à festa, matar um velho desejo de fã, que é tocar com o Paulo de Carvalho e depois ir buscar uma música emblemática também para o 25 de Abril. Não é uma música qualquer. Isto tudo começa por uma vontade de tocar com o Paulo de Carvalho o 'E Depois do Adeus'", explicou Tim, vocalista da banda, aos jornalistas.

Paulo de Carvalho foi perentório: "a festa, para mim e para os Xutos, já é uma festa".

"Acho que vai ser muito bom estar aqui, nos 40 anos desta festa que eu conheço desde o princípio, desde a FIL, em 1975, onde atuei", recordou.

Para Paulo de Carvalho, "tudo é política, pode é não ser política partidária, mas política tudo é".

"Eu penso que o PCP tem assumido responsabilidades no decorrer dos anos. Às vezes até acusado de fazer sempre a mesma coisa. Eu não me importo, há alguma coerência nisso", defendeu.

Na música, destaque ainda para a abertura da festa, na sexta-feira, dia 02 de setembro, com um "Concerto Sinfónico para um Glorioso Aniversário" da Orquestra Sinfonietta de Lisboa, para além das atuações, ao longo de todo o evento, de Ana Moura, Marta Ren, Katia Guerreiro, Diabo na Cruz, Ferro Gaita, Criolo, Jafumega ou os mexicanos Los de Abajo.

Durante a Festa do Avante! há ainda espaço para o desporto -- com uma corrida de 10,2 quilómetros ou uma caminhada de seis quilómetros no domingo -- teatro, artes plásticas, atividades para crianças, festa do livro e do disco e gastronomia e artesanato.

PUB

Todos os bebés vão ter médico de família a partir de setembro

A partir de 1 de setembro, todos os bebés vão passar a ter direito a um médico de família à nascença graças ao projeto “Nascer Cidadão”.

bebes.jpg

 

Segundo uma notícia é avançada pelo jornal Público, a partir de 1 de setembro, todos os recém-nascidos ficam automaticamente inscritos na lista de utentes do médico de família da mãe ou do pai.

A medida, prometida pelo Governo de Pedro Passos Coelho (PSD-CDS/PP), demorou mais de um ano a ser regulamentada.

De acordo com o jornal, a medida já é uma prática habitual em muitos centros de saúde mas só agora ficou regulamentada, no âmbito do projeto “Nascer Cidadão”.

O despacho publicado na sexta-feira (19/08) prevê que o médico de família da mãe prevalece, no caso dos pais terem médicos diferentes.

Caso nenhum dos pais tenha médico de família atribuído, a instituição onde o bebé nasceu tem de comunicar o nascimento ao centro de saúde mais próximo da área de residência da criança, sendo-lhe automaticamente atribuído um médico.

PUB

1 em cada 4 partos prematuros poderiam ser evitados

Apesar do parto ser, muitas vezes, um momento imprevisível, um novo estudo revela que as futuras mães podem controlar determinadas circunstâncias que contribuem para 25% dos partos prematuros.

partos.jpg

 

Investigadores do hospital Children Medical Center de Cincinnati encontraram três fatores de risco modificáveis que podem contribuir para um parto prematuro antes das 37 semanas: o intervalo entre gestações, o índice de massa corporal de uma mulher antes de engravidar e o peso que ganha durante a gravidez.

"Os maiores riscos para um nascimento prematuro foram observados em mulheres que estavam abaixo do peso, o pouco peso ganho durante a gravidez e o intervalo entre gestações", diz a autora do estudo, Emily DeFranco. "No entanto, o aumento excessivo de peso em mulheres já obesas também aumentou o risco", conclui.

Este estudo, publicado no Maternal and Child Health Journal, é o primeiro a determinar o número aproximado de partos prematuros que resultam de uma combinação de fatores. Os investigadores analisaram cerca de 400 mil nascidos vivos, entre 2006 e 2011, 90% dos quais envolvendo os fatores de risco mencionados.

Os investigadores apelam a uma maior educação em torno destas três áreas.

PUB

Apple aposta em saúde e Microsoft em inteligência artificial

A Microsoft anunciou a compra de uma empresa que vai permitir um reforço na aposta em inteligência artificial. Ao mesmo tempo, a sua rival Apple adquiriu uma empresa especializada em saúde.

Microsoft-iOS.jpg

 

Foi através do seu site que a Microsoft anunciou a compra da Genee, empresa criada em 2014 e que criou uma aplicação, com base em inteligência artificial, para marcar encontros pessoais ou profissionais.

 O sistema é simples, o utilizador só tem que enviar um e-mail, - com conhecimento para a Genee -, à pessoa com quem se quer encontrar e a app encaixa tudo na agenda e de acordo com as nossas preferências, explicou a Microsoft.

"O Genee entende, compreende, processa e optimiza os algoritmos de tal forma que interagir com um assistente virtual é como interagir com um humano”, disse Rajesh Jha, vice presidente da Outlook e do Office 365, num post do blog da gigante tecnológica.

Em setembro, o serviço Genee vai encerrar e, assim que a aquisição estiver completa, a sua a equipa vai ser integrada na Microsoft para trabalhar numa melhoria do software Office 365.

A Apple, que recentemente também apostou num reforço do desenvolvimento da inteligência artificial, confirmou as notícias que circulavam pela imprensa desde o inicio do ano sobre a compra da empresa Gliimpse.

"A Apple compra pequenas empresas tecnológicas de vez em quando e geralmente não expomos os nossos objetivos e os nossos planos", disse à AFP um porta-voz da Apple.

No site da Glimpse, a empresa congratula-se: “Nós construímos uma máquina mágica”, pode ler-se. No mesmo post é dito que a “máquina mágica” irá processar arquivos médicos eletrónicos incompreensíveis e torná-los compreensíveis, standardizados e codificados com base numa terminologia que permitirá tanto a humanos como a máquinas percebê-los e usá-los. Em resumo, é uma plataforma que compila dados médicos.

Segundo o YAHOO!, a Apple tem vindo a introduzir novas funcionalidades nos seus dispositivos, e a trabalhar numa nova plataforma de software que visa integrar os seus aparelhos móveis e torná-los em ferramentas de fitness e saúde.

PUB

2015 foi o melhor ano para o empreendedorismo em Portugal

Entre 2007 e 2015, a média anual de constituição de novas "startup" foi de 31 mil. Este último ano, o melhor para o empreendedorismo em Portugal, viu mais de 35.500 novas empresas nascer, segundo um estudo hoje divulgado pela D&B.

Empreendedorismo.jpg

 

De acordo com o estudo ‘Empreendedorismo 2007-2015’ realizado pela Informa D&B, entre 2007 e 2015 foram constituídas 309.550 empresas e outras organizações, o que representa uma média anual de 34 mil, das quais 31 mil são empresas.

O estudo indica que entre 2008 e 2012 registou-se uma queda na criação de novas empresas, com exceção no ano de 2011, “em que a possibilidade de constituição de empresas com capital social mínimo de um euro por sócio impulsionou os nascimentos”.

No entanto, em 2013 “tem início um ciclo de expansão e 2015 (com 35.555 ‘startup’) foi o melhor ano para o empreendedorismo em Portugal, com o maior número de constituição de novas empresas desde 2007”.

Estas ‘startup’ (empresas no primeiro ano de vida) correspondem a uma média de 47 mil empreendedores por ano, dos quais 64% são empresários pela primeira vez e 76% assumiram a gestão das empresas que criaram.

O mesmo estudo revela que “de 2010 a 2014, 94% das ‘startup’ foram fruto de iniciativa individual, tendo como sócios exclusivamente pessoas singulares, com as entidades investidoras a entrarem no capital de apenas 6% destas empresas”.

Quanto ao volume de negócios, o crescimento médio é de 136% no primeiro ano, “triplica após dois anos de atividade e é quase cinco vezes maior no final do sétimo ano”, revela a Informa D&B.
Quanto ao número de empregados, “as empresas crescem de modo menos acelerado”, com uma média de 34% no primeiro ano, “duplicando apenas após sete anos de atividade da empresa”.
Entre 2007 e 2015, cerca de dois terços das empresas sobreviveram ao primeiro ano de atividade, mais de metade (52%) ultrapassam o terceiro ano e 41% sobrevivem ao quinto ano, atingindo a idade adulta. No sétimo ano, apenas um terço das empresas mantém atividade, destaca o estudo.

Setores como a agricultura, pecuária, pesca e caça têm uma taxa de sobrevivência mais elevada, ao contrário dos setores do alojamento e restauração e construção, com taxas de sobrevivência mais baixas.

A criação de empresas de serviços lideram em todas as regiões do país, com a área metropolitana de Lisboa a concentrar o maior número de empresas criadas neste setor (34,8%), ao passo que na região Norte se destacam os setores do retalho, indústrias transformadores e construção.

De salientar igualmente que “nas empresas mais jovens há maior proporção de mulheres no topo”, ou seja, a gestão e liderança femininas atingem os 35,2% e os 32,3%, respetivamente.

PUB

Marcelo Rebelo de Sousa vai receber Missão Olímpica no Palácio de Belém

O Presidente da República convidou a Missão Olímpica portuguesa, que participou nos Jogos Olímpicos que decorreram no Rio de Janeiro, para uma receção no Palácio de Belém.

Marcelo-Rebelo-de-Sousa.jpg

 

“O Presidente da República contactou o Presidente do Comité Olímpico de Portugal, José Manuel Constantino, felicitando os atletas Portugueses pela participação nos Jogos Olímpicos que decorreram no Rio de Janeiro, tendo convidado a Missão Olímpica para uma receção no Palácio de Belém em data a fixar”, lê-se numa nota publicada no site oficial da Presidência.

Portugal alcançou uma medalha de bronze (Telma Monteiro em - 57 kg), 10 diplomas olímpicos (classificações do quarto ao oitavo lugares) e 15 resultados entre os 16 primeiros lugares, numa prestação onde foram obtidos 41 pontos, a segunda melhor de sempre pelo sistema de pontuação.

PUB

Está aí o festival Vilar de Mouros, 50 anos depois

Peter Murphy, The Waterboys, Orchestral Manoeuvres In The Dark e António Zambujo no "Woodstock" português" para devolver a "glória" ao festival de Vilar de Mouros, Caminha, 50 anos depois da primeira edição é o objetivo da organização, que garantiu "estar a correr tudo bem" para o início, na quinta-feira, de três dias de concertos.

cartaz_vilar_mouros_2016.png

 

"Estamos a montar um festival muito bonito e a fazer tudo para que seja o melhor e mais cómodo possível para o público. Estamos cheios de vontade de devolver a este festival a glória de há 50 anos. Está tudo a correu muito bem", revelou à agência Lusa, um dos responsáveis da promotora do mítico festival, Paulo Ventura.

Este ano celebram-se os 50 anos do festival, lançado em meados da década de 60 e que começou por ser um festival de folclore luso-galaico. No entanto, os 50 anos do evento não correspondem ao número de edições uma vez que à mítica edição de 1971 lançada pelo médico António Barge, que contou, entre outros, com a presença de Elton John e Manfred Mann, sucederam-se nas últimas décadas avanços e recuos na organização do evento.

A edição 2016 vai decorrer junto às margens do rio Coura entre 25 e 27 de agosto, organizado pela empresa Surprise and Expectation, criada em Caminha, um consórcio constituído pela Probability Makers e pela Metrónomo.

O mais antigo festival português, considerado o "Woodstock" português" abre, esta quinta-feira, às 19:00 Manuel Fúria e os Náufragos, às 20:00 atua Peter Hook & The Light, seguindo-se The Legendary Tigerman, Happy Mondays, Peter Murphy e António Zambujo.

No dia 26, sempre a partir das 19:00, actuam os Neev, Linda Martini, Milky Chance, Echo & the Bunnymen, David Fonseca e Orchestral Manoeuvres In The Dark(OMD).

Já no último dia, 27 agosto o alinhamento do palco principal prevê Samuel Úria, Bombino, Tiago Bettencourt, The Waterboys, Tindersticks e Blasted Mechanism.

Além do palco principal, que implica a compra de bilhete, o evento terá ainda um segundo palco, de acesso gratuito, no recinto inicial do festival, "onde será feita a projeção de filmes".

O preço dos bilhetes oscila entre os 25 euros do passe diário e os 50 euros, para os três dias e que inclui campismo gratuito. A entrada é gratuita para crianças dos três aos cinco anos desde que acompanhadas por um adulto portador de bilhete válido.

Anteriormente à Lusa Paulo Ventura disse que a gastronomia do Alto Minho, recriada por "alguns dos melhores 'chefs' portugueses", vai juntar-se à música com uma zona 'gourmet' a instalar no recinto do palco principal do festival.

"Na área 'gourmet' queremos ter alguns dos melhores 'chefs' do país para se debruçarem sobre a cozinha regional do Alto Minho. Esta zona vai ficar instalada no local onde ficará palco principal", revelou Paulo Ventura.

A Câmara de Caminha apoia a edição com de 40 mil euros e transferiu 15 mil euros para a Junta de Freguesia de Vilar de Mouros para a realizar de investimentos no recinto do festival.

Após a mítica edição de 1971 o festival voltou a realizar-se em 1982 e 85. Foi retomando de 1996 ano que deu início ao ciclo de festivais patrocinados por grandes marcas, o que aconteceu até 2006.

Em 2007, a um mês da sua realização, o festival foi cancelado por dificuldades de entendimento entre os vários parceiros envolvidos na organização e foi retomado em 2014, a cargo da Associação dos Amigos dos Autistas (AMA).

No final dessa edição, que marcou o relançamento do evento após um interregno de oito anos, aquela Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) anunciou o regresso, em 2015, nos dias 30, 31 de julho e 01 agosto, que viria a ser cancelada pela Câmara Municipal.

PUB

Rafa Silva assina pelo Benfica

Sp. Braga e Benfica pretagonizaram a mais cara transferencia entre clubes portugueses
 
Rafa Silva vai ser jogador do Benfica. Os encarnados ganham assim a corrida a FC Porto e Zenit, dois outros clubes interessados no internacional português. Os pormenores deste negócio foram decididos numa reunião que aconteceu durante a noite desta quinta-feira no estádio da Luz. O internacional português de 23 anos vai assinar um contrato válido por cinco temporadas. O jogador realiza esta sexta-feira os habituais exames médicos. O Sporting de Braga tem na sua posse 80% do passe do internacional português, sendo que os restantes 20 estão divididos pelo empresário António Araújo e pelo Feirense (antigo clube do extremo). Rafa Silva é natural de Vila Franca de Xira e iniciou a carreira de futebolista ao serviço do União Atlético Povoense. Aos 11 anos ingressou no Alverca onde esteve até aos 18 anos, idade com se mudou para os juniores do Feirense. Na época 2012/2013, as boas prestações pelos fogaceiros atraíram a atenção de algumas equipas da Primeira Liga, tendo sido adquirido por 300 mil euros pelo Sporting de Braga.
 

Rafa-Silva-7-1024x986.jpg

 

Rafa Silva estreou-se na Primeira Liga em 26 de agosto de 2013, num jogo em que o Braga derrotou o Belenenses por 2-1. A estreia pela seleção principal de Portugal aconteceu a 5 de março de 2014 num jogo frente à seleção dos Camarões. O internacional português participou ainda no Europeu de 2016, conquistando 

a transferência faz-se por um valor entre os 15 e os 16 milhões de euros, aos quais acrescem a cedência de dois jogadores do plantel principal e um jogador jovem. Os primeiros podem ser Rui Fonte e Benítez. Os jogadores que servem de moeda de troca é um pormenor, no entanto, que ainda não está fechado. Esta será a maior transação da história entre clubes portugueses, seis anos depois da transferência de João Moutinho do Sporting para o FC Porto a troco de 11 milhões de euros.

O Sp. Braga recebe 40 por cento do valor da transferência, mais os jogadores envolvidos na mesma, enquanto a Gestifute, do empresário Jorge Mendes, recebe também 40 por cento do valor a pagar pelo Benfica, correspondente à parte do passe do jogador que detinha.

Quanto ao salário que Rafa irá auferir no Benfica, segundo o jornal O Jogo, deverá rondar os 2,5 milhões de euros brutos por ano. Ainda de acordo com esta fonte, além de Rui Fonte, Guillermo Celis e Benítez também podem seguir para o Sp. Braga a título de empréstimo.

 

Está assim encerrada uma das mais longas novelas de verão.

 

ng7375817.jpg

 

PUB

Emanuel Silva e João Ribeiro falham conquista de medalhas em K2 1000

Canoístas portugueses estiveram em bom plano no Lagoa Rodrigo de Freitas, correndo na pista 6, onde se disputou a final de K2 1000m. Porém, na reta final falharam o terceiro posto e terminam a competição no quarto lugar.

 

A competir em K2 1000m, os dois atletas fizeram uma boa prova, mas, já na reta final, não conseguiram ir além do quarto posto, ficando atrás de Tame e Wallace, canoístas australianos.

Emanuel Silva, que juntamente com Fernando Pimenta, em Londres, tinha conquistado a medalha de prata, viu o seu lugar ser-lhe roubado pelos sérvios Tomicevic e Zoric, atletas que ficaram atrás da dupla germânica Rendschmidt e Gross.

Os lusos terminaram a prova com o tempo de 3:12.88.

 

ng7473809.JPG

 

Emanuel Silva frustrado com o primeiro lugar dos últimos

O canoísta Emanuel Silva lamentou hoje que o K2 1.000 metros tenha ficado no primeiro lugar dos últimos nos Jogos Olímpicos Rio2016, reconhecendo a frustração por chegar a Portugal sem a recompensa do seu esforço. "O quarto lugar? É o primeiro lugar dos últimos, infelizmente. Só depois de cortar a meta, quando olho para o meu lado esquerdo, onde estavam os candidatos, é que reparei que tínhamos sido ultrapassados pelos australianos. Nós, durante a prova, sabíamos que vínhamos nos lugares da frente, eu estava a ter essa noção, tive de acreditar. O João tinha ordens para não olhar para o lado, tinha de seguir o meu ritmo e a minha estratégia. Foi quase perfeito, porque perfeito teria sido uma medalha. É frustrante", assumiu o medalha de prata de Londres2012. Emanuel Silva, que há quatro anos conquistou a medalha ao lado de Fernando Pimenta e no Rio2016 fez dupla com João Ribeiro, frisou que por 28 centésimos se ganha, por 28 centésimos se perde, aludindo à diferença a que a embarcação lusa ficou do bronze da Austrália.


PUB

Pág. 1/4